Informações

Quais são os benefícios de montar um quadro menor de mountain bike?


Os quadros de mountain bike são indulgentes. Você pode montar quase qualquer tamanho de quadro ajustando-o ao seu corpo. No entanto, existem vantagens distintas no uso de um quadro em detrimento de outro. Ciclistas de montanha sérios testemunham o fato de que existem vantagens suficientes para justificar a escolha de quadros pequenos em vez de quadros grandes. Pode não ser para todos, mas se você está pensando em comprar uma bicicleta de montanha, pode valer a pena conferir alguns dos quadros menores.

Escalada

Os quadros curtos têm uma vantagem distinta de escalada. A menor distância entre eixos oferece melhor alavancagem e tração ao subir colinas: quanto mais íngreme, mais vantagens. Isso se deve em parte à capacidade de avançar o tronco na bicicleta, mantendo o peso do corpo acima dos pedais. O design compacto de quadros mais curtos também tem uma vantagem geométrica: mantém o trem de força mais curto, movendo a força para a roda traseira de maneira mais direta e eficiente.

Técnico

As distâncias entre eixos mais curtas são melhores. Uma coisa a observar, porém, é que os quadros mais curtos não significam menos espaço livre. As bicicletas de montanha com estrutura mais curta ainda mantêm a mesma folga acima do solo que as grandes. Há espaço suficiente para saltar sobre rochas, troncos, membros ou qualquer outro obstáculo. E com o quadro mais curto, você pode ficar mais nítido e não precisa de muito espaço em situações técnicas de pilotagem. E se você tiver problemas, sempre poderá pular, jogar a bicicleta no seu ombro e carregá-la por terrenos acidentados mais rapidamente do que quadros maiores.

Saldo

O equilíbrio é vital para as bicicletas de montanha. Quadros curtos têm um centro de gravidade estreito que se equilibra com mais eficiência. Algumas trilhas acidentadas têm pouco ou nenhum espaço para erro. O fator de equilíbrio pode ser muito importante ao atravessar pequenas pontes, ao longo de rochas planas ou mesmo em passagens de água específicas construídas para bicicletas de montanha com uma plataforma estreita. Quadros grandes podem ser difíceis de equilibrar simplesmente porque há muito mais quadros ao seu redor.

Peso

O peso é outro fator considerado pelos ciclistas. O peso é tão crucial que muitos ciclistas pesam bicicletas e peças de bicicletas em gramas. Por exemplo, um clipe de papel pesa cerca de 1 g. Ao comparar quadros grandes e pequenos de mountain bike, a diferença pode ser astronômica quando comparada em gramas. Todo ciclista leva o peso a sério, e os quadros curtos pesam consideravelmente menos do que os quadros grandes. Os praticantes de mountain bike também enfrentam situações que exigem que eles carreguem a bicicleta nos ombros. Quanto menor o peso do quadro, melhor.

Flex

A maioria das pessoas não percebe isso, mas os quadros da bicicleta flexionam quando você os monta. É uma curva sutil que acontece principalmente quando você está pedalando com força. Isso acontece principalmente ao redor do suporte inferior, onde o eixo passa pela estrutura da bicicleta. Quando você pressiona os pedais com força, a bicicleta se inclina nessa direção. Você pode perceber isso como um leve clique ao virar uma esquina enquanto pedalava. Quadros grandes dobram mais do que quadros curtos. Com o tempo, isso pode desgastar os rolamentos, a engrenagem dianteira ou ambos.