Conselhos

Os benefícios do Yoga no sistema nervoso parassimpático


O sistema nervoso parassimpático (SNP) e o sistema nervoso simpático (SNS) trabalham juntos para ajudá-lo a lidar e responder à vida cotidiana. Para muitas pessoas, a vida diária traz uma infinidade de tensões que ativam o SNS. Barulhos altos, luzes piscando, pensamentos frustrantes e propagandas de café gelado delicioso ativam os mecanismos simpáticos, ou de "luta ou fuga" em seu corpo. O neuropsicólogo e professor de meditação Rick Hanson diz que o PNS e o SNS estão conectados como uma gangorra; quando um sobe, o outro desce. Se o seu SNS entrar em ação constantemente ao longo do dia, suas experiências diárias tenderão a criar um desequilíbrio. Ao ativar o PNS, o yoga fortalece seus circuitos e traz equilíbrio à gangorra.

Ativação Parassimpática

Muitas práticas de ioga, incluindo a vinyasa suave baseada na respiração e a respiração lenta e diafragmática, ativam o SNP ou os mecanismos de "descanso e digestão" do corpo. A ativação parassimpática é o estado básico do corpo, cérebro e mente. A ativação do PNS reduz a pressão sanguínea e diminui o ritmo cardíaco e respiratório após um evento estressante. Além disso, o fluxo sanguíneo é redirecionado para os órgãos digestivo e reprodutivo e para o sistema endócrino e linfático, as partes do corpo que não são necessárias para sobreviver. A Dra. Sarah Dolgonos descreve como o corpo é mais capaz de extrair nutrientes dos alimentos que você come e eliminar eficazmente as toxinas devido ao aumento da circulação sanguínea. Uma prática de yoga encoraja você a prestar atenção às sensações em seu corpo e suas reações a essas sensações. As pessoas que praticam ioga aprendem a ter consciência e a responder de maneira diferente aos pensamentos e experiências indutores de estresse, para que a linha de base do PNS possa ser mantida.

Ativação simpática e relaxamento mais profundo

Nem todo yoga é relaxante. As aulas de ioga intensa ou de ioga quente podem realmente ativar o SNS. A ativação simpática é uma alteração na linha de base do PNS em resposta a uma ameaça ou oportunidade. Timothy McCall, autor de "Yoga as Medicine", diz que, embora práticas vigorosas como saudações ao sol e alguns exercícios respiratórios estimulem o SNS, a pesquisa demonstrou que essas práticas vigorosas seguidas de relaxamento levam a um relaxamento mais profundo do que a prática de relaxamento sozinho. Uma prática de ioga bem-arredondada geralmente começa com saudações ao sol e fecha com savasana ou meditação. Como o yoga inclui ativação simpática e parassimpática, seu corpo e cérebro ficam ainda mais relaxados na linha de base do PNS.

Meditação e Sistema Nervoso Parassimpático

A meditação ativa o PNS de várias maneiras diferentes. Ao relaxar, chamar a atenção para o corpo e afastar a atenção dos pensamentos indutores de estresse, o PNS é iluminado. Hanson descreve como estimular o PNS, embora a meditação eleve o humor, diminua o cortisol, fortaleça o sistema imunológico e aumente o bem-estar físico e psicológico. Uma prática diária de meditação, seja de 20 minutos ou um minuto, fortalece o PNS.

Um olhar mais atento ao cortisol

O yoga não apenas ajuda a fortalecer o SNP, mas também minimiza a tendência do corpo de ativar o SNS. Yoga reduz os níveis do hormônio do estresse cortisol. A antropóloga nutricional Linda Knittel descreve um estudo realizado pela Thomas Jefferson Medical College, na Filadélfia, e pela Yoga Research Society. Quando os pesquisadores mediram os níveis de cortisol dos participantes antes e depois de uma aula de ioga, eles descobriram uma diminuição significativa após a aula. Como as práticas de ioga acionam o sistema de "descanso e digestão", os poderes restauradores do PNS podem trabalhar para trazer equilíbrio ao corpo.